Motos

Bicicleta motorizada

Partindo do pressuposto que a moto é uma evolução da bicicleta no sentido mais amplo, o acréscimo de um motor de combustão deu origem a esse veículo de duas rodas, por volta de 1869.

O alemão Gottlieb Daimler, que, ajudado por Wilhelm Maybach, em 1885, instalou um motor a gasolina de um cilindro, leve e rápido, numa bicicleta de madeira adaptada, com o objetivo de testar a praticidade do novo propulsor. O motor de combustão possibilitou a fabricação de motocicletas em escala industrial.

Primeira moto

A fábrica pioneira na fabricação de motos surgiu em 1894, na Alemanha, e se chamava Hildebrandt & Wolfmüller. No Brasil a história da moto começou no início do século passado, com a importação de muitas motos européias e algumas de fabricação americana. No final da década de 10 já existiam cerca de 19 marcas rodando no país, entre elas as americanas Indian e Harley-Davidson, a belga FN de 4 cilindros, a inglesa Henderson e a alemã NSU.

Com diversos modelos no mercado brasileiro, começaram a surgir inúmeros clubes, competições e encontros de usuários e fãs do veículo sobre duas rodas.

Eventos de Motos

Atualmente são organizados eventos de moto de nível nacional que possuem grande repercussão, tais como o MotoFest em Governador Valadares, MotorFly em Araras, Encontro de Motociclistas em Tatui, Encontro Nacional de Motociclista em Arujá, dentre outros.

Salão Duas Rodas:

Realizado a cada dois anos, conta em média com mais de 400 expositores e 250 mil visitantes que sempre vão prestigiar o evento. Suas principais atrações são motocicletas, bicicletas, equipamentos e acessórios.

O Salão Duas Rodas se consolida como uma grande festa, reunindo democraticamente, em um mesmo lugar, os amantes de veículos duas rodas em suas mais variadas vertentes, baixa, média e alta cilindrada, modelos esportivos, Off Road e custom, entre outras variações.

O evento geralmente é realizado no Anhembi em São Paulo, são oferecidas dezenas de atrações para entretenimento dos visitantes como test-drives e shows acrobáticos na área externa. É considerado um evento positivo no que diz respeito a parcerias e lançamentos.

Vantagens e Desvantagens das Motos

Motos

Em se tratando das principais vantagens de se ter uma moto, de acordo com diversas pesquisas realizadas por todo mundo, a questão do preço, facilidade de manobrar, guardar e estacionar, maior economia na manutenção e combustível e rapidez no trânsito estão entre as principais vantagens deste veículo.

Porém, deve-se lembrar que o oposto também existe, na lista de desvantagens estão itens como- maior risco de lesões em caso de acidente, pouco espaço para bagagens, desconfortável em dias de chuva e a capacidade de transporte é reduzida, máximo duas pessoas.

Mais Informações

Moto

Pela economia e facilidade de locomoção, a procura para retirada de habilitação de moto encontra-se em nível elevado e o valor para obtenção da carta está entre R$ 200 a R$ 400, variando de regiões e estados.

Vale ressaltar que existe na Câmara dos deputados um Projeto de Lei que sugere modificar a classificação da carteira de motociclista em três níveis, de acordo com a capacidade cúbica do motor da motocicleta. Pelo projeto, as subcategorias seriam três: "A1", para motos de até 150 cm³, "A2", para as até 400 cm³ e "A3", para todas as motos, sem restrições.

Foto de Motos

Esse projeto possui como principal finalidade reduzir o número de acidentes envolvendo motos, partindo do princípio que, quanto mais cilindradas possuir uma moto, maior será o percurso para obtenção da carta de habilitação.

O Projeto será analisado pelas comissões de Viação e Transportes e de Constituição e Justiça e de Cidadania.